terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Bom 2009 !

Como muito provavelmente não conseguirei publicar nada antes da passagem de ano, já que me preparo para receber amigos em casa, e tenho umas coisinhas para fazer...
Desejo a todos um Excelente ano de 2009...que consigam concretizar muitos sonhos...e que tenham sempre saúde...

A foto é do muito utilizado Bolo de Chocolate, na sua última aparição...que não é ainda a do fim de ano, mas ele também vai lá dar um ar de sua graça...

BOM ANO de 2009!!!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Um triste lamento...

Porque não posso deixar a data passar sem dizer publicamente o quanto lamento a morte da Nanda...
Porque ela nos faz falta...
Porque ela tornava os nossos dias mais alegres com a sua boa disposição...
Porque ela merecia estar viva...
Porque ela era gentil e bondosa...
Porque ficamos todos mais pobres sem a sua presença...
Porque ...

domingo, 28 de dezembro de 2008

Chocolate Quente


Hoje está um tempo mesmo bom para um Chocolate Quente...não acham ?

1 litro de Leite
200 g de Chocolate em barra
2 colheres de sopa de Farinha Maizena
1/2 colher de café de Canela em pó

Misturar todos os ingredientes num fervedor ou caçarola e levar ao lume mexendo sempre até engrossar. Servir imediatamente.

Na Bimby, misturar o leite com a farinha e a canela e marcar 15 segundos, velocidade 5.

Partir o chocolate e juntar ao leite e marcar 10 minutos, temperatura 90º, velocidade 4.

Servir imediatamente.

Eu não junto açúcar, porque aqui na mesa uns gostam mais doce outros menos, por isso o açúcar é opcionalmente adicionado na chávena e mexido com um pauzinho de canela.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Encharcada


A azáfama é muita, tem sido mesmo muita estes últimos dias, não tenho nem publicado nem visto os blogs de que gosto, mas é sempre assim todos os anos...e ainda bem.
Hoje começo a fazer todos os doces à excepção das azevias, filhós e rabanadas ou sonhos ainda não me decidi, pois esses ficam para o dia 24 de manhã.
Esta é a encharcada que faço todos os anos entre outros doces de colher tradicionais, a receita é baseada numa do Pantagruel , e corre sempre bem, contudo eu tenho um termómetro de pontos de açúcar o que facilita.
Não sei se conseguirei publicar mais alguma receita antes do Natal, pelo que desejo a todos os que me visitam com regularidade e aos que só vêm de vez em quando, aos que comentam e aos que o não o fazem, aos que gostam e aos que nem por isso, a todos sem excepção..Feliz Natal...espero que todos consigam passar um natal como idealizaram...Bem Hajam!

8 Gemas
2 Ovos
350 g de Açúcar
200 ml de Água
Canela em pó a gosto

Ferver o açúcar com a água numa frigideira larga até atingir ponto de pérola, cerca de 108º no termómetro.

Bater as gemas com os ovos bem batidos, e deitar sobre a calda atrávés de um passador de rede, girando-o para distribuir os ovos por igual.

Deixar cozer em lume brando empurrando de fora para dentro os ovos para não ressequirem nas paredes da frigideira.

Ter o cuidado de não os deixar cozinhar em demasia, mas também não os deixem ficar crús, é muito dificil definir um tempo de cozedura é mesmo a olho.

Assim que estiverem na consitência desejada, deitem-nos sobre uma travessa de servir (atenção tem alguma calda) e polvilhem-nos com canela em pó.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Empadão de Atum


Último dia de aulas e festas de Natal de manhã à noite, não sobra muito tempo nem vontade e já agora nem apetite, para grandes comezainas...
Salva-nos o empadão de atum que cá em casa é feito com arroz, pois ninguém gosta dele feito com puré, eu faço o meu no tacho mas para quem tem bimby é facilmente adaptável.

1 chávena (300 ml) de Arroz
Manteiga ou Margarina (para cozinhar o arroz)
1 Cebola
2 dentes de Alho
4 latas de Atum em conserva
250 g de Ervilhas e Cenouras congeladas
4 Ovos cozidos
Maionese q.b
Sal, Pimenta e Noz moscada

Fazer a receita habitual de arroz de manteiga, reservar quente.

Cozer os ovos e reservar.

Enquanto o arroz cozinha, num tacho deitar o óleo de 2 latas de Atum, juntar a cebola picada e os alhos e deixar refogar.

Juntar as ervilhas e as cenouras e deixar cozinhar cerca de 8 a 10 minutos, juntar o atum partido com um garfo, deixar cozinhar um pouco cerca de 5 minutos.

Partir os ovos cozidos e juntar à mistura de atum já fora do lume e com cuidado para não desfazerem muito.

Num tabuleiro que possa ir ao forno, barrar o fundo com um pouco de margarina, fazer uma cama com metade do arroz, por cima espalhar o recheio do atum, e cobrir com o restante arroz acamando bem.

Barrar por cima com maionese na quantidade a gosto.

Levar a forno pré-aquecido a 200º até gratinar cerca de 15 a 20 minutos (depende do gosto).

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Mais um aniversário...

Mais um aniversário aqui na mesa, mais uma utilização do Bolo de Chocolate ...
Desta vez foi a minha querida sobrinha Carolina, que fez 13 anos, que eu adoro do fundo do coração, que é linda de morrer e muito meiga mas... está dentro do armário, está lá dentro e não encontra a saída... o que me consola é que eu também já lá estive...e encontrei a porta...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Lulas Gratinadas


Isto cá na mesa não tem andado bom...além de grandes e demorados problemas técnicos, temos umas viroses à mistura, e a comidinha já se sabe perde terreno...
Por isso, sugiro hoje umas lulas simples de fazer...

800 g de Lulas inteiras limpas
1/2 pacote de sopa de Cebola
1 colher sopa de Mostarda
1 colher de sopa de Polpa de tomate refogado
1 colher de sopa de molho Inglês
200 ml de Natas de soja ou das normais

Se utilizarem lulas congeladas, deixem-nas descongelar completamente.

Numa tigela colocar as lulas, juntar a sopa de cebola, a mostarda, a polpa de tomate e o molho inglês, misturar tudo muito bem e reservar durante 30 minutos.

Findo o tempo, juntar as natas envolver bem e deitar num tabuleiro que possa ir ao forno.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 45 minutos.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Pudim de Veludo


Depois de uma sugestão da Manu e do R. para cozer o Pudim de Leite Condensado no bico do fogão, não descansei enquanto não experimentei, mas resolvi utilizar uma receita que há muitos anos é feita na minha casa, uma das preferidas da minha irmã Xana. Obrigada aos 2 pelas dicas.
O método é realmente eficaz, explico mais em baixo como fiz...

125 g de Açúcar para o Caramelo
6 Ovos
300 g de Açúcar
2 colheres de sopa de farinha Maizena
1 cálice de Vinho do Porto
Raspa de 1 Limão
500 ml de Leite gordo

Preparar o caramelo (pouco escuro)como está aqui e reservar.

Numa tigela misturar o açúcar com a maisena e a raspa do limão.

Juntar o vinho do Porto e os ovos um a um , batendo bem.

Por fim junte o leite misture bem, passe por um passador e deite na forma caramelizada.

Num tacho largo onde caiba a forma do pudim, deitar água cerca de 2 a 3 cm. Colocar a forma do pudim tapada com tampa ou folha de alumínio, dentro do tacho.

Levar a lume forte, assim que ferver, reduzir para o minimo e marcar 30 minutos. Verficar a cozedura com um palito.

Desenformar depois de frio.

Se optar pelo forno leve 1 hora a cozer em banho-maria a 200º.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Arroz de Camarão

Este arrozinho é muito apreciado aqui na mesa ...

1 Cebola
2 dentes de Alho
Azeite a gosto
300 g de Tomate (fresco ou de lata)
2 colheres de sopa de Creme de Marisco em pó
400 g de miolo de Camarão (tamanho médio a grande)
100 g de Delícias do Mar (opcional)
1 colher de chá de Mango Pickle (opcional)
1 colher de sopa de Coentros picados
1 chávena de Arroz (250ml)
2 x a medida da chávena de arroz em Água
1 colher de café de Açúcar
Sal qb

Fazer um refogado com a cebola, azeite e alhos, utilizo a bimby para o efeito, durante 15 minutos, temperatura 100º, velocidade 1.

Findo o tempo, juntar o tomate, o açúcar e o creme de marisco, e marcar mais 8 minutos, temperatura 100º, velocidade 1.

Triturar tudo durante 40 segundos, velocidade 7.

Juntar os camarões, o arroz, a água, o sal e o picante (opcional) e programar 18 minutos, temperatura 100º, velocidade 1/colher inversa.

5 minutos antes do fim juntar as delícias do mar (opcional) e os coentros.

Deixar o arroz descansar cerca de 3 minutos e servir.


Imprimir receita

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Pão Rústico Nacional


Eu tenho uma MFP mas não a uso, porque a minha MFP tem mais de 10 anos e está completamente ultrapassada, qualquer pão que eu tente fazer hoje em dia por mais pequeno que seja, vem por fora, as farinhas e os fermentos são muito mais eficazes do que quando eu a comecei a utilizar.
De qualquer maneira e em abono da verdade eu nunca gostei do sabor do pão feito na MFP, gosto isso sim do lado prático da máquina, uma máquina em que deitamos tudo lá para dentro e viramos costas, é bom.
Muitas vezes a utilizei apenas para amassar, mas hoje já não o faço pois lavar por lavar, prefiro lavar a kitchen aid que é mais fácil.
E na continuação das sugestões com produtos pré-feitos ou pré-preparados, trago um pão rústico feito com a farinha Nacional, para máquinas de pão, mas feito sem ser na máquina de pão.
Já aqui tinha feito uns pãezinhos com a farinha do Lidl, que também é muito boa, mas mais peganhenta, logo mais difícil de trabalhar à mão.

350 ml de Água morna

Na tigela de uma batedeira montada com as pás de amassar colocar a água morna e a farinha, bater em velocidade média, durante 15 minutos.

Findo o tempo, tapar com um pano a tigela e deixar a massa descansar, eu deixei 1 hora, perto de uma fonte de calor (a lareira....).

Com as mãos enfarinhadas , polvilhar a massa com farinha e dar a forma desejada, levar a forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 45 minutos, mas este tempo é muito relativo convém vigiar o forno, verificar que a crosta está na cor desejada e bater com os nós dos dedos até soar oco.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Pizza Rápida


Durante a semana não há muito tempo disponivel para fazer comidas demoradas com muita pena minha...nessas altura auxilio-me dos bons produtos pré-feitos que existem no mercado e faço por exemplo uma pizza, claro que a podia comprar já feita, mas eu mesmo sem tempo gosto de um toque caseiro.
A sugestão é de uma simples pizza de fiambre e cogumelos, que pode ser do que nós quisermos assim haja apetite.
Depois de experimentar várias massas de pizza fresca refrigeradas, acabei por escolher a do Pingo Doce, já que, tirando as caseiras acho que é a melhor.
O molho de tomate é mais dificil pois nada se compara a um caseiro, mas o da Knorr é realmente bom e o único que aceito comprar, a partir daqui o resto é de acordo com o gosto de cada um...
Já agora aproveito para comunicar que não estranhem a minha ausência mas tenho estado sem servidor de internet.

1 placa de Massa de Pizza refrigerada
220 ml de Molho de Tomate (o da Knorr dá para 2 pizzas)
200 g de Fiambre em cubos
1 frasco ou lata de Cogumelos laminados escorridos
150 g de Queijo Mozarella ralado ou em fatias.
Manjericão e Oregãos a gosto.

Abrir a placa da massa (manter o papel vegetal, cortando o excesso), cobrir com o molho de tomate ( quantidade é a gosto) distribuir os ingredientes, terminar com o queijo e as ervas.

Levar a forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 15 minutos sensivelmente.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Boeuf Strogonof


Mais um strogonof desta feita baseado numa receita de um livrinho da Vaqueiro e adapatado à Bimby. Muito saboroso...

500 g de bovino para guisar partido em pedaços (usei variedade para fondue)
Azeite a gosto
1 Cebola
2 dentes de Alho
1 colher sopa de Farinha
200 ml de Caldo de carne
1 colher sopa de Polpa de tomate
1 colher sopa de Pimentão doce
1 lata pequena de Cogumelos
1 cálice de Vodka
100 ml de Natas

Fazer um refogado, na bimby colocar a cebola partida , os dentes de alho e o azeite. Marcar 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.
Findo o tempo, triturar durante 40 segundos, velocidade 7.

Deitar a carne para dentro do copo, temperar com sal e pimenta, polvilhar com a farinha, juntar o caldo de carne, o tomate e o pimentão, marcar 45 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

10 minutos antes do tempo terminar juntar pelo bucal, os cogumelos escorridos, e a vodka. Tirar o copinho para o alcool evaporar.

5 minutos antes do tempo terminar juntar as natas.
Rectificar os temperos e a cozedura.

Servir com acompanhamento a gosto.

sábado, 29 de novembro de 2008

Pudim de Leite Condensado

Um clássico em qualquer cozinha, penso que todos sabem fazer e conhecem bem o sabor deste pudim...
Rápidamente devorado, não houve foto dele inteiro, pois esqueci-me de pôr o aviso ...não comer...só mais tarde...sim

1 lata de Leite Condensado
2 x a medida da lata de Leite gordo
3 Ovos
2 Gemas

Caramelo:
1 chávena chá de Açúcar
1/2 chávena de Água

Fazer o caramelo, levando ao lume o açúcar, quando estiver dourado, juntar a água quente, e mexer, deixar ferver um pouco, e "barrar" a forma do pudim.
Na realidade eu faço sempre o caramelo directamente na forma, deito o açúcar com a água para dentro da forma levo ao lume, e nunca mexo com uma colher , ando só com a forma às voltas e assim que atinge a cor que eu gosto, desligo o lume, e vou dando as voltas necessárias para que toda a forma fique forrada com o caramelo. Utilizo uma forma de alumínio.

No copo da bimby, ou numa tigela, misturar todos os ingredientes até estarem bem ligados.
Na bimby, faço durante 1 minuto , velocidade 6.

Deitar na forma caramelizada e levar a cozer em banho-maria durante cerca de 1 hora em forno pré-aquecido a 200º.

Verificar a cozedura, pode variar de forno para forno.

Eu desenformo ainda morno, mas há quem desenforme completamente frio.


Imprimir receita

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Bolo D´Avó


Na realidade a minha avó chamava-lhe Bolo Familiar, e penso que era um bolo bastante comum nas casa das avós, daquelas avós carinhosas como era a minha.
Há muito tempo que não o fazia, depois de pronto e ainda quente dei por mim debruçada de olhos fechados a cheirá-lo quando fui interrompida pelo meu filho que me perguntou o que estava a fazer, eu ...eu estava a só a ver se estava bom...achei que era cedo para a explicação que o cheiro deve ser dos maiores potenciadores de memórias...

200 g de Margarina
2 Chávenas de Açúcar
4 Ovos
3 chávenas de Farinha
1 chávena de Leite
Raspa da casca de 1 Limão

Bater a margarina com o açúcar até obter um creme fôfo.

Adicionar os ovos um a um, batendo bem entre cada adição.

Adicionar o leite alternadamente com a farinha, terminando com esta e sem bater só misturar.

Por fim misturar a raspa do limão.

Levar a forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 45 minutos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Febras Grelhadas à Mesa

Quem diz febras, diz qualquer outra carne grelhada, com este molho fica sempre delicioso...

8 Febras de Porco (ou qualquer outra variedade para grelhar)
Sal e Pimenta
100 ml Azeite
4 a 6 dentes de Alho picados
1 colher sopa de Coentros picados
Sumo de 1/2 Limão

Temperar as febras com sal e pimenta, grelhar e reservar.

Ao mesmo tempo que grelha as febras, colocar num tacinho o azeite, os alhos os coentros e o sumo de limão, cozinhar até o alho estar branquinho sem deixar chegar a castanho pois amarga.

Colocar as febras num travessa e despejar o molho bem quente por cima das febras.

Servir com acompanhamento a gosto.


Imprimir receita

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Caril de Lulas

Mais umas lulas na mesa, desta feita a receita é baseada numa da minha vizinha de baixo a Risonha, eu só adaptei à Bimby, já que é um tipo de comida que se faz muito bem naquela máquina, e omiti os cominhos, senão era capaz de ter problemas...

800 g de rodelas de Lula
65 g de Óleo
1 Cebola grande
2 dentes de Alho
1 colher sopa de Coentros picados
2 colheres de sopa de polpa de Tomate
1 colher sopa de Caril em pó
1 colher de chá de Açafrão
200 ml de Natas
Sal e Pimenta

No copo da bimby, fazer um refogado com a cebola, alho e óleo, durante 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.
Findo o tempo, triturar durante 40 segundos, velocidade 7.

Juntar a polpa de tomate, os coentros, o caril e o açafrão e marcar 2 minutos e 30 segundos, temperatura 100º, velocidade 2.

Juntar as lulas, temperar com sal e pimenta e marcar 25 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Por fim juntar o pacote de natas, e marcar mais 2 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Rectificar os temperos e servir com acompanhamento a gosto. Eu servi com puré de batata.


Imprimir receita

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Caçarola de S. Martinho

Por aqui o S. Martinho é muito festejado, as escolas dos mais pequenos, da parte da tarde já não dão aulas e fazem uma celebração em torno do S. Martinho, assam-se castanhas, e os adultos provam o vinho...
Em casa também é hábito fazer uma comida que leve castanhas, e também as assamos na lareira...
Este ano cá na mesa o prato escolhido foi este.

1 Frango partido
1 Cebola grande
2 dentes de Alho
1 Alho francês partido às rodelas
300 g de Abóbora partida aos cubinhos
300 g de Castanhas sem casca (pode ser das congeladas)
Azeite a gosto
1 cubo de caldo de galinha
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 colher de sobremesa de cebolinho picado
150 ml de Vinho branco ou tinto
Sal e pimenta

Num tacho largo, fazer um refogado e selar o frango nesse refogado e temperá-lo com sal e pimenta.

Juntar a polpa de tomate, o alho francês, a abóbora, as castanhas,o cebolinho, o cubo e o vinho.
Envolver bem todos os ingrdientes.

Tapar o tacho e deixar cozinhar em lume médio para brando até tudo estar bem cozinhado e apurado.

Servir com acompanhamento a gosto.


Imprimir receita

domingo, 9 de novembro de 2008

Lombo Assado de Domingo


Quando chega o tempo mais fresco, gosto ao Domingo de fazer um assado para o almoço, ora porco, ora cabrito, aves, ou peixe, é sempre uma comida reconfortante, e que todos gostam.
Vou variando nos acompanhamentos que vão a assar directamente com a carne, embora as batatas estejam sempre presentes.

1 kg de Lombo de porco para assar
1 kg de Batatinhas para assar
400 g de Cenouras Parisienses
Sal e Pimenta qb
4 colheres de sopa de Vinha de Alhos (façam uma caseira ou escolham uma marca boa)
2 colheres de sobremesa de Mostarda
2 colheres de chá de especiarias a gosto
2 folhas de Louro
2 colheres de sopa de molho Inglês
2 colheres de sopa de massa de Pimentão ou Pimentão Doce em pó
1 copo pequeno de vinho branco
Azeite a gosto
Cerca de 8 nozes de Margarina

Com alguma antecedência (pode ser 1 hora) temperar a carne com metade dos ingredientes dados, excepto o azeite e a margarina, directamente no tabuleiro onde irá assar.

Quase na hora de cozinhar repetir esta operação mas com as batatas e as cenouras utilizando os restantes ingredientes.

Deitar o vinho no fundo do tabuleiro que já contém a carne, distribuir as batatas com as cenouras à volta da mesma e regar com o azeite e as nozinhas de margarina.

Levar a assar a 200º cerca de 1h e 30m. De vez em quando dar uma volta nas batatinhas para ficarem todas cozinhadas por inteiro, com cuidado para as não amassar.

Acompanhar com um bom vinho tinto.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Hamburgueres no Forno

Estes hamburgueres são receita da minha amiga Manuela, são rápidos de preparar e ainda mais rápidos de comer...
Utilizei os mesmos ingredientes da receita original, apenas omitindo o pimento, e na preparação fiz um pouco diferente só para homogeneizar mais o creme, senão o júri cá da mesa reclama.

6 Hamburgueres
1/2 pacote de sopa de Cebola
2 colheres de sopa de Ketchup
200 ml de Natas
1 lata pequena de Cogumelos laminados escorridos
1 Cerveja, utilizem 250 ml e bebam o resto

Dispor os hamburgueres num tabuleiro que possa ir ao forno, e por cima espalhar os cogumelos.

Numa tigela misturar a sopa de cebola com o ketchup, adicionar as natas a pouco e pouco até tudo estar bem misturado.

Por fim adicionar a cerveja e misturar bem.

Deitar este preparado por cima dos hamburgueres e levar a forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 30 minutos.

Sirva com acompanhamento a gosto.


Imprimir receita

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Pescada com Natas


Há o Bacalhau com Natas e há a Pescada com Natas...a minha faço assim...

6 Lombos ou postas limpas de Pescada
750 g de Batatas em cubos para fritar
200 g de miolo de Camarão
2 Cebolas
3 dentes de Alho
1 folha de Louro
Azeite a gosto
2 colheres de sobremesa de creme de Marisco em pó
500 ml de Molho Béchamel
200 ml de Natas
150 g de Queijo Mozarella (opcional)
Sal; Pimenta e Noz-Moscada

Fazer uma refogado com a cebola, alhos, louro e azeite. Para o efeito utilizo a bimby, 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.

Findo o tempo, trituro 40 segundos na velocidade 7, que aqui na mesa os mais piquininos não gostam de encontrar cebola seja onde for, mas se gostam de cebola não triturem e façam com cebola às rodelas.

Juntar o creme de marisco em pó, mexer uns segundos, e adicionar os lombos e marcar 15 a 20 minutos (consoante o tipo de posta) temperatura 100º, velocidade colher inversa.

5 minutos antes do fim juntar o miolo de camarão.

Entretanto fritar as batatas, para o efeito utilizo a actifry, durante 20 a 25 minutos. Faço esta operação enquanto o peixe cozinha e termina tudo ao mesmo tempo.

Envolver a mistura do peixe com as batatas fritas , directamente no tabuleiro onde irá para o forno.

Por cima deitar o molho Béchamel previamente misturado com as natas, e polvilhar com o queijo ralado ou pão ralado.

Levar a gratinar cerca de 15 minutos a 200º.

domingo, 2 de novembro de 2008

Bife de Atum à Mesa

Bife de Atum é comidinha muito apreciada aqui na mesa, mas a maneira mas comum de os fazer cá na mesa é esta, como se fossem bifes normais de carne.
Estes são frescos, os miúdos adoram...

8 Bifes de Atum frescos ou congelados
Azeite a gosto
1/2 Limão em sumo
1 colher de sopa de Margarina
4 dentes de Alho
2 folhas de Louro
100 ml Vinho Branco
Sal e Pimenta

Temperar com 1 hora de antecedência os bifes, com sal e um pouco de pimenta, os alhos às rodelinhas e as folhas de louro partidas. Regar tudo com o sumo de limão e reservar.

Numa frigideira derretar a margarina com o azeite deitar os alhos e o louro do tempero para que fritem um pouquinho.

Fritar os bifes, tendo em atenção que o atum não pode cozinhar muito tempo senão fica duro, cerca de 2 minutos de cada lado consoante a altura do bife.

Por fim deitar o vinho, e o liquido do tempero (sumo de limão) e deixar apurar.
Se quiserem apurar mais porque está muito liquido, tirem os bifes e deixem o liquido reduzir.

Sirvam com acompanhamento a gosto.

Se têm uma maneira favorita de fazer os bifes (carne) aí na vossa mesa, experimentem fazê-la com bifes de atum...


Imprimir receita

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Tarte de Abóbora Americana


Podia ser tarte americana de abóbora , mas neste caso é mesmo tarte de abóbora americana, porque a abóbora veio de lá, linda, dentro de uma lata, muito popular naquelas bandas e sem dúvida com a consistência e sabor perfeitos.
Claro que nós cá podemos fazer o mesmo puré cozendo ou assando no forno a abóbora e depois triturando.
É especialmente boa servida com natas batidas com açúcar...

400 g de puré de Abóbora
220 g de Açúcar
1/2 colher de chá de sal
1 colher de sobremesa de Canela em pó
1 colher de café de Noz-Moscada
1 colher de café de Gengibre (opcional)
2 Ovos
1 lata de Leite Evaporado
1 colher de sopa de Farinha Maizena
1 base de massa areada refrigerada

Misturar o açúcar com a canela a noz-moscada e a farinha. Reservar.

À parte bater os ovos, juntar o puré de abóbora, misturar bem, juntar a mistura do açúcar, bater novamente.

Gradualmente ir deitando o leite evaporado mexando sempre.

Deitar sobre a massa areada previamente colocada numa tarteira, e levar a forno pré-aquecido a 180º, durante 50 minutos.

Atenção às bruxas esta noite, olhem que há muitas por aí....

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Bochechas de Porco Preto Estufadas


Porco Preto é bicho muito consumido aqui para as minhas bandas, altamente saboroso, existem diversas maneiras de o preparar, esta é uma das minhas preferidas...


800 g de Bochechas de Porco Preto
2 Cebolas
4 dentes de Alho
2 folhas de Louro
Azeite a gosto
1 colher de sopa cheia de polpa de Tomate
1 colher de sobremesa de vinha de alhos concentrada
250 ml de Vinho Tinto
300 ml de Água
Sal e Pimenta

De véspera temperar as bochechas, com sal, um pouco de pimenta, muito alho e as folhas de louro partidas.

Num tacho refogar as cebolas bem partidinhas e os alhos com o azeite (atenção que as bochechas trazem alguma gordura, não sendo por isso necessário juntar muito azeite).

Juntar a polpa e a vinha d´alhos, deixar cozinhar um pouco.

Juntar a carne com os temperos todos, e selar (fritar rápidamente de um lado e de outro no refogado).

Juntar os liquidos, tapar e deixar cozinhar, cerca de 1h e 30m. Rectificar o sal.

Podem usar uma panela de pressão fazendo toda a operação acima descrita na própria panela, tapar e quando começar a apitar, marcar 40 minutos.

Servir com acompanhamento a gosto. Normalmente aqui serve-se com batatas

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Bolo de Aniversário

Aqui está o bolinho que fiz com muito carinho para a minha irmã mais velha que completou 40 anos.
Toda a decoração foi feita com o recurso a covapaste adquirida aqui e trabalhada por mim.
Agora falta ver o interior, pois é, e aqui é que reside o problema é que com a pressa de sair e ao mesmo tempo calcular como é que iria levar este bolão e mais 22 Mini-Bôlas de Chouriço, tudo ao meu colo, esqueci-me da máquina fotográfica essa grande cumplice de um blogger...
Claro que com algum acanhamento lá pedi a uma das convidadas (a que me pareceu ter a melhor máquina hi hi) para tirar uma foto do interior e disse um despretensioso..."quando puderes logo mandas..." mas o que eu queria dizer era manda-me já amanhã...sim!
Por isso não vou puder pelo menos por enquanto mostrar o interior o que também me iria deixar outro problema é que não tenho a receita hehe, porque o bolo foi feito com isto e o recheio com isto...sorry! Mas estava delicioso...

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Macarrao com Queijo



Um excelente acompanhamento, ou prato principal...

300 g de Macarrão
500 ml de Molho Bechamel
200 g de Queijo tipo Filadélfia
150 g de Queijo ralado (variedade a gosto, gouda; emmental; edam; mozarella etc)
100 g de Queijo Mozarella ralado
Queijo Parmesão ralado (opcional)

Cozer a massa de acordo com as instruções da embalagem. Reservar mantendo quente.

Numa tigela misturar o queijo Filadélfia ou equivalente, o queijo ralado escolhido, e o molho Bechamel previamente preparado e frio ou morno. (Quem tiver bimby e quiser usar pode fazer a receita de molho bechamel mais pequena do livro base.)
Envolver bem e reservar.

No tacho onde cozeu a massa, e depois de escorrida, misturar o creme de queijos e envolver bem.

Deitar num tabuleiro que possa ir ao forno e polvilhar com o queijo Mozarella.

Levar a gratinar a 200º, cerca de 10 minutos, ou de acordo com o gosto pessoal.
Servir imediatamente.

Opcionalmente na hora de servir e já no prato ralar queijo parmesão.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Torrada Surpresa




Eu ontem recebi uma encomenda Maravilhosa, cheia a abarrotar de produtos americanos muito desejados, que fizeram as delicias de todos cá em casa e povoaram o meu imaginário, essa encomenda foi-me enviada pela muito generosa e talentosa Manuela do Delícias e Companhia a quem agradeço mais uma vez...

Claro deitei-me com a barriga cheia, e sonhei, sobrevoei os Estados Unidos e dei um saltinho à Ilha Terceira e aterrei na minha cama, e acordei a pensar que nada melhor para começar o dia do que uma boa torrada americana ...


1 fatia de Pão de forma
1 Ovo
Sal e Pimenta
1 colher de chá de Manteiga

Com um cortador, fazer um circulo no meio do pão e retirar o miolo (quem não tiver cortador pode utilizar um copo pequeno).

Numa frigideira de preferência antiaderente derreter a manteiga, quando estiver a borbulhar colocar a fatia do pão, e deitar o ovo com muito jeitinho para não partir, para dentro do orifício, temperar com sal e pimenta e deixar cozinhar cerca de 1 minuto.

Virar com cuidado e deixar cozinhar até estar a gosto pessoal.

Retirar do lume e comer imediatamente...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Queques de Iogurte com Nutella




Depois de ver esta ideia em diversos blogs e revistas resolvi experimentar utilizando uma receita minha de bolo de Iogurte, a experiência em termos visuais não correu como eu queria já que a minha nutella estava muito espessa para o efeito pretendido que seria ficar à tona e não afundar, de sabor contudo fica excelente.

Com este queques pretendo homenagear o meu querido sobrinho Diogo que faz hoje 8 anos e que adora queques, a sua mãe e minha irmã mais velha faz amanhã 40 anos ( xiii mana), e a festa 2 em 1 como sempre, só se realizará no sábado e como um dos bolos fica a meu cargo eu depois mostro como ficou. Para os dois que eu adoro do fundo do coração o meu maior desejo é que tenham sempre muita saúde.

Fazer um bolo de iogurte como está aqui utilizando 2 iogurtes de sabor biscuit ou outro da vossa preferência.

Untar 18 formas de queques ou colocar caixinhas de papel dentro das formas e encher com o preparado de bolo, por cima de cada um, colocar cerca de 1 colher de chá de nutella e misturar com um palito.

Levar a forno pré-aquecido cerca de 30 minutos cada fornada.

domingo, 19 de outubro de 2008

Arroz de Pérolas do Mar


Pérolas do Mar são rodelas de potas limpas, muito tenrinhas por sinal e como tal kid´s friendly...
Para o efeito podem ser usadas argolas de lula, ou equivalente...

1 Cebola grande
2 dentes de Alho
1 folha de Louro
Azeite a gosto
1 lata de Tomate pelado ou 3 Tomates frescos
100 ml de Vinho Branco
600 g de Pérolas do Mar
1 chávena de arroz ( ou quantidade habitualmente usada)
Água em dobro da quantidade de arroz usada
Sal, Pimenta açúcar e salsa picada

Fazer um refogado com a cebola, e os alhos e o azeite para o efeito utilizo a bimby, tudo lá para dentro e marco 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.

Findo o tempo, junto os tomates, o açúcar e a folha de louro e marco mais 10 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.

Retirar a folha de louro e triturar durante 40 segundos na velocidade 7.

Deitar as pérolas do mar, e temperar com sal e pimenta, juntar o vinho, e marcar mais 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Findo o tempo deitar o arroz, misturar, juntar o dobro de água quente e marcar 18 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Servir imediatamente. Podem juntar salsa picada nos últimos minutos de cozedura mas eu esta parte tenho que saltar porque eles têem aquele problema com a relva...)


Imprimir receita

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Salsichas Frescas com Cogumelos



Resolvi experimentar fazer salsichas frescas na actifry e digo-vos que ficam francamente melhores que no churrasco, primeiro porque não queimam por fora, segundo porque ficam integralmente cozinhadas por dentro e terceiro porque não libertam fumos e odores pela casa.
Os meus piquininos não são apreciadores de salsichas frescas ou melhor não eram...confesso que as coloquei na mesa a medo, mas foram devoradas, também porque não eram das picantes senão ficavam lá todas...
Hoje em dia há uma grande variedade de salsichas frescas, pelo que não será difícil agradar a todos.
Foram feitas sem qualquer adição de gordura...também nunca seria preciso que elas já têm que chegue...não adicionei qualquer tipo de condimento pois acho que elas também já são bastante condimentadas...

500 g de Salsichas frescas (a variedade da foto é de churrasco creola sem picante)
200 g de Cogumelos frescos fatiados ou 1 lata de cogumelos fatiados escorridos

Partem-se as salsichas às rodelas grossas e colocam-se na actifry juntamente com os cogumelos.
Marca-se 15 minutos e já está.
Serve-se com acompanhamento a gosto.


Imprimir receita

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Bolo de Mel


Recomendado a apreciadores de Mel...

4 Ovos
300 g de Farinha
250 g de Açúcar
200 ml de Mel
150 ml de Azeite
1 colher de chá de Canela em pó
1 colher de chá de Fermento em pó

Bater os ovos com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado.

Juntar o mel e misturar até tudo estar bem envolvido.

À parte misturar a farinha com o fermento e a canela e reservar.

Entretanto misturar cerca de metade da farinha, envolver bem, adicionar todo o azeite, envolver novamente e por último o resto da farinha e misturar sem bater muito.

Levar a forno pré-aquecido a 180º em forma untada e enfarinhada, durante cerca de 50 minutos.


Imprimir receita

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Lasanha de Frango


Para variar da tradicional Lasanha, uma de frango que também é muito saborosa...

1 Cebola grande
3 dentes Alho
Azeite a gosto
350 g de Frango cozido e desfiado
1 folha de Louro
1 colher sopa de molho de Soja
100 ml de Vinho Branco
1 lata de Cogumelos (ou o equivalente em frescos)
200 g de Queijo Mozarella ralado
1 L de Molho Bechamel
Sal, Pimenta e Noz-Moscada
1 embalagem de massa para Lasanha

Fazer um refogado com a cebola, os dentes de alho e o azeite, eu para o efeito utilizei a bimby, 15 minutos, velocidade 1, temperatura 100º.
Findo tempo triturar durante 40 segundos, velocidade 7.

Juntar o frango previamente cozido e desfiado, a folha de Louro, a soja, o vinho e os cogumelos, temperar com sal, pimenta e noz-moscada e marcar 10 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa. Reservar

Fazer o molho Bechamel. Reservar

Num tabuleiro que possa ir ao forno deitar uma camada de molho branco, dispor as placas de lasanha, espalhar por cima uma parte da mistura de frango, um pouco de molho Bechamel e distribuir o queijo ralado, fazer isto sucessivamente até ter esgotado o recheio de frango.
A última camada deve ser de placas de massa e por cima deitar o resto do molho Bechamel e o queijo.

Levar a forno pré-aquecido cerca de 30 minutos.


Imprimir receita